terça-feira, 15 de outubro de 2013

Só hoje

Só um dia bastaria, uma beira de mar acompanhada de um céu repleto de estrelas. Talvez só cinco minutos bastariam, ou quem sabe algumas folhas de rabiscos repletas de palavras, besteiras juvenis, anseios e desejos. Segurar sua mão, olhar teus olhos que demonstram um vazio e ao mesmo tempo a resposta para todas as perguntas.
Só um dia, sem hora, compromisso e muito menos programação. Só um sorriso bobo e teu abraço confortante. Só sentar ao teu lado e observar, escutar tua voz tranquilizante dizendo palavras de um futuro bom. Só brigar por qualquer trivialidade já esperando seus diversos pedidos de desculpas e promessa de que será para sempre.
Só tuas explicações, dúvidas, medos, te ouvir e poder te confortar com minha presença. Só um dia, uma música e um rabisco banal. Só teu perfume, teu toque, teu falar ao meu ouvido e teu rosto adormecendo ao meu lado.
Só uma fala, uma frase, uma promessa, uma carta, um sentimento, um e só um amor, que não é só um dia.

sábado, 17 de agosto de 2013

Ponto de paz.

Mas sempre existiu, existe e existirá, aquilo que te mantem em um equilíbrio e que por vezes possa lhe fazer sentido em horas de dedicação.

terça-feira, 13 de agosto de 2013

Bom Dia

Quando acordei e notei que seu rosto me foi a primeira imagem do dia, percebi que já não existia mais o dia, o café da manhã, o quarto, a cama, o bidê, e sim seu sorriso como o melhor bom dia possível que poderia haver. Então já me vi por entre teus braços e abraços de um mundo mais inimaginável e mais doce que a confeitaria da esquina de Dona Mariluci.

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Minha caixa mágica e manipuladora

Acordei sem a mínima vontade de começar a rotina diária então liguei a tv, vi as 9hrs da manhã um mundo da qual todas as coisas eram possíveis, desde pedir desculpas e tudo ocorrer bem até saber voar. Então depois de algumas tarefas voltei à tv, quando era 12:00 vi um mundo da qual não queria fazer parte, vi choro, vi tristeza, vi melancolia, e vi a pobreza, sim, esta eu vi. Depois do almoço e de mais algumas tarefas novamente liguei a tv, as 16:00 horas fiz parte de um conto de fadas, aquelas histórias típicas onde durante um tempo tudo ocorre da forma indesejada, mas o final é sempre felizes para sempre. Depois disto comecei a me encontrar durante pelo menos quatro horas em um teatro onde representava toda minha rotina, minha família, minha tia, meu avó, todos estavam na tv até as 22:00 horas. Quando resolvi desligar a tv, realmente percebi onde estava, e a realidade na qual me encontrava, mas quando olhei no relógio percebi que já era muito tarde para reagir, então resolvi dormir, para amanhã acordar e dar mais um viva a minha caixa mágica e manipuladora chamada televisão.


segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Para todas as coisas possíveis

Para aqueles que já ouviram que todas as coisas são possíveis, e que você é muito maior do que todos pensam.
Em todas as perguntas, dúvidas, e pensares que sempre buscamos alguém para que nos sirva de ombro, sem questionamentos, comentários, apenas um ombro que nos fortaleça e faça com que nos sentíssemos mais aliviados. Fazendo com que acreditássemos que todas as coisas que nos afetam podem ser resolvidas, e existe sempre uma forma de deixar não tudo como era antes, mas que pode ser melhor.
Mas e você, possui aquela pessoa que quando existir algo ruim, sabe que estará sempre lá? Que apesar dos apesares, em todas as circunstâncias, perdões serão possíveis, desculpas aceitas, e que sempre haverá uma possibilidade para melhorar? Que ao seu lado, as coisas são possíveis, e que você é muito maior do que todos pensam?
Pois bem, se existe o alívio, se existe o ombro amigo, nunca se esqueça de que este não é somente aquele que merece escutar seus anseios e seu medo perante as coisas, mas que também necessita de seu ombro, de seu abraço carinhoso e de lhe dizer que todas as coisas são possíveis, e que é muito maior do que todos pensam.

quarta-feira, 31 de julho de 2013

Um ano, 365 dias e 12 meses.

E quando passa um ano, você passa, você passa, você passa, e para, pensa, passa, e vê tudo que já se passou. Refleti em si tantas coisas, tantos pensamentos, acontecimentos e sentimentos .
Um ano, 365 dias, 12 meses, tanto tempo, e o que passou neste tempo , o que passa. Passam muitas coisas. Passam brigas, passa amizade, passa choro, passam realizações, passam loucuras, passa família, passa amor.
Quando nos deparamos que um ano já se passou, que um longo tempo se foi, pois é um ano, 365 dias, 12 meses, olhe bem dá tempo para se passar muita coisa e olha que passa.
Já faz um ano e muita coisa passou, só não passou a saudade, pois se passou um ano de algo bom a única coisa que não passa é a danada  da saudade, esta somente fica, fica e fica. Fica com o sentimento de querer retorno, com a vontade de voltar no tempo, fica, fica por mais um longo tempo, quem sabe por mais um ano, 365 dias e 12 meses.

Quem sabe fica a saudade do acontecido, do abraço, da alegria, do cheiro, da esperança, do sorriso e do beijo. Então já irá ter passado dois anos, 730 dias e 24 meses, e aí passa, passa e passa.

quinta-feira, 25 de julho de 2013

Sonhar

Em noites pensantes
Onde sonho poder sonhar
Pensamentos amantes
Amor para poder amar

São nas mesmas noites
Que o silêncio vem acalentar
Sonhos de abraços quentes
Que só a ti me faz lembrar

Na doçura de um amor doce
Acredito que pode-se acreditar
Faz-se o romance
Do primeiro beijo a beijar.