quarta-feira, 31 de julho de 2013

Um ano, 365 dias e 12 meses.

E quando passa um ano, você passa, você passa, você passa, e para, pensa, passa, e vê tudo que já se passou. Refleti em si tantas coisas, tantos pensamentos, acontecimentos e sentimentos .
Um ano, 365 dias, 12 meses, tanto tempo, e o que passou neste tempo , o que passa. Passam muitas coisas. Passam brigas, passa amizade, passa choro, passam realizações, passam loucuras, passa família, passa amor.
Quando nos deparamos que um ano já se passou, que um longo tempo se foi, pois é um ano, 365 dias, 12 meses, olhe bem dá tempo para se passar muita coisa e olha que passa.
Já faz um ano e muita coisa passou, só não passou a saudade, pois se passou um ano de algo bom a única coisa que não passa é a danada  da saudade, esta somente fica, fica e fica. Fica com o sentimento de querer retorno, com a vontade de voltar no tempo, fica, fica por mais um longo tempo, quem sabe por mais um ano, 365 dias e 12 meses.

Quem sabe fica a saudade do acontecido, do abraço, da alegria, do cheiro, da esperança, do sorriso e do beijo. Então já irá ter passado dois anos, 730 dias e 24 meses, e aí passa, passa e passa.

quinta-feira, 25 de julho de 2013

Sonhar

Em noites pensantes
Onde sonho poder sonhar
Pensamentos amantes
Amor para poder amar

São nas mesmas noites
Que o silêncio vem acalentar
Sonhos de abraços quentes
Que só a ti me faz lembrar

Na doçura de um amor doce
Acredito que pode-se acreditar
Faz-se o romance
Do primeiro beijo a beijar.

segunda-feira, 22 de julho de 2013

Análises?

É um pouco hilário e incômodo pensar assim.Mas vamos,e,viemos,os maiores estudos de psicologia, as maiores análises de comportamento humano deveriam ser feitas, pelo menos uma vez dentro dos ônibus.
É!Isso mesmo que você leu, análises psicológicas dentro de ônibus!Parece absurdo, mas de certo aspecto não é.
Imersa em meus devaneios diários,fiquei boquiaberta com a quantidade de coisas que ocorrem em um ônibus, principalmente se o meio em questão, for um ônibus escolar.
Tem "patricinha",criança,adolescente,pessoas com coragem o bastante para ler dentro do mesmo, alguns ouvindo música, e o mais incrível de tudo, as expressões faciais de algumas crianças,a complexidade de expressões, o sorriso, o barulho,meninos fazendo piadas mais terríveis do mundo e meninas deslumbrando-se (mesmo que falsamente)diante de tais piadas.
E o motorista, este merece um prêmio, parece estar inerte, estar isolado de todo esse "mundo" na sua "cabine de comando".
Os momentos mais cômicos, é quando os adolescentes de 14 anos, tem seu momento de glória ao mandar os pequenos calarem a boca, e se observamos atentamente as crianças atuam muito bem, elas fingem que calam a boca, com o passar de alguns minutos, o "banzé" volta a acontecer.

domingo, 21 de julho de 2013

Corrente

Mas a corrente não se faz de minutos
Se faz de dias, semanas, anos
Por vezes sendo bem mais
Das lembranças que recordamos

Em casa laço e pensar
Nos desejos e realizações
Em gestos singelos
Nos eternos verões

Recordando os olhos de uma criança
Onde o medo não tem lugar
E que pelos sonhos
É permitido acreditar

Mas a corrente nunca quebra
Apenas pode desgastar
E se der valor ao verdadeiro
Este pode conquistar