segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Novos tempos virão.

Pessoas olham os ponteiros passarem, e seus objetivos sumirem;
O brilho no olhar é algo inexistente;
Sonhos já não se tornam mais realidade;
Tornando as cabeças cada vez mais decadentes;

Tudo agora se torna silêncio;
Ninguém mais quer correr riscos;
Aceitando tudo com a mais pura calma;
E a todos sendo submisso;

Onde esta a indignação?
A vontade de liberdade?
Todo essa passividade;
Que antes era a pura agressividade;

Muita filosofia,
E pessoa que não sabem defende-la;
Não sabendo o que dizem;
Achando que estão resolvendo o problema;

Sociedade está um lixo;
Guerra entre o bem e o mal;
Agindo como animais,
E ainda negam seu principal ancestral;

Nossas leis, nossas escolhas;
Constituindo nossa opinião;
Derrumando monstros de seus tronos;
Deixando de ser fantoche, com apenas um pouco de reação.

sábado, 15 de outubro de 2011

O comodismo bate à sua porta?!

Desde o princípio,toda sociedade prezava que,bom homem era aquele que era justo, e digno daquilo que possuía.Em nossa geração,estes valores quase não existem.Bom homem é aquele que possui bens materiais e não morais.
Cada vez mais, o certo já não significa nada.A corrupção, crimes, injustiça,onde estão os valores de pessoas que cometem tamanho escrúpulos?Políticos se apoderam do dinheiro público,mesmo sabendo que, em média 14 crianças morrem por minuto na África por fome.Pessoas roubam aquilo, que muitas demoraram anos para ter.
Esta na hora das pessoas pararem para pensar,pois o que importa é o que elas pensam, e não o que possuem.Fazer algo para o mundo é tão simples,e muitos encaram como algo impossível.Apenas vivem sua rotina diária,de acordar,trabalhar e dormir.Existem coisas na vida,com importância bem maior do que comprar um carro novo.
A nossa vida é tão curta para fazermos tudo que temos em mente.Mesmo que não façamos tudo que queremos,devemos ao menos,fazer algo pelo o próximo.Assim, sermos lembrados,por termos a consciência, de saber a importância de nossos princípios.
"A sociedade cada vez mais vem decaindo,e se tornando injusta,eliminando a compaixão, sem nenhuma culpa."

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Enfim.

Toda palavra resulta em uma consequência,
Ou em um bom fim,
Gestos do começo de algo bom,
Ou o término de um empasse ruim,
O silêncio rodeia mais do que antes,
Os leves sussurros aliviam a ansiedade,
De fatos que podem não acontecer,
No amor, amizade e felicidade,
O truque é saber se levantar,
Sem que os outros percebam,
Deixando a queda ser rápida,
E que no topo todos lhe avejão,
Guardar a tristeza,
A alegria multiplicar,
Sendo forte a todo momento,
Não se deixando abalar,
O caminhos escolher,
Obstáculos temos que enfrentar,
 Brigando e sofrendo,
Nesse jogo chamado AMAR.